sábado, 29 de outubro de 2011

FIM DA LINHA

(END OF THE LINE)
Canadá - 2007
Dir.: Maurice Devereaux


Grupo de pessoas está viajando em um metrô quase deserto, de madrugada, quando alguns passageiros recebem uma mensagem em seus bip's e imediatamente começam a massacrar os demais com adágas escondidas dentro de crucifixos. Começa então uma corrida dos sobreviventes para escapar dos assassinos, na verdade fanáticos religiosos seguidores de uma seita apocalíptica que querem livrar a humanidade de demônios que estariam por chegar.
Terror barato, original, criativo e eficiente que tem alguma semelhança com o também recente "O Sinal". Tem alguns sustos fáceis, além daquelas sequências típicas como o grupo que fica preso em algum lugar e se divide na dúvida do que fazer. Mas isso não compromete em nada a história. Tem também alguma coisa do japonês "Clube do Suicídio".
Sangue, mortes violentas, correria, efeitos e edição legais, principalmente na sequência que mostra fatos acontecendo paralelamente. Ah sim, e de certa forma ainda faz uma crítica ao fanatismo religioso, sem deixar de negar que talvez os fanáticos tivessem razão, basta ver a capa alternativa do filme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário