sábado, 3 de agosto de 2013

AMERICAN MARY

(AMERICAN MARY)
Canadá - 2012
Dir.: Jen Soska / Sylvia Soska


Promissora estudante de medicina precisa de dinheiro pra pagar o aluguel, e no desespero, recorre à um bar de striptease. Durante a, digamos, "entrevista" com o dono do lugar, um dos leões de chácara é agredido e precisa de cuidados médicos, no que é atendida por Mary, que é paga e desiste do novo emprego.
Só que um dia ela procurada por Beatress, dona de uma plástica horrível, que a faz parecer Betty Boop e lhe faz uma proposta: operar outra maluca que quer ficar parecendo uma boneca, retirando o bico dos seios e escondendo ao máximo a vagina.
Depois de ser violentada por seu professor, ela abandona a faculdade e mergulha em um mundo louco, aonde pessoas se submetem à cirurgias loucas para implantarem piercings, implantes, remover órgãos, etc.
Até aí o filme vai bem, com sua trama absurda e surreal, mas depois ganha um rumo diferente, se tornando meio repetitivo e parecendo faltar uma boa conclusão. Uma pena, mas ainda assim interessante. Vale ficar de olho na dupla de diretores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário