domingo, 9 de setembro de 2012

COLD FISH

(TSUMETAI NETTAIGYO)
Japão - 2010
Dir.: Shion Sono


Syamoto tem uma loja de peixes artesanais tropicais e quando sua filha adolescente é presa roubando ele conhece Murata, dono de uma loja que é quase um shopping perto da loja do outro.
Syamoto é tímido, calado, enquanto Murata é agitado, fala alto e tem personalidade dominadora. No dia seguinte a filha de Syamoto já está trabalhando na loja de Murata, que acredita que poder ajudar a garota a tomar jeito - ela trabalha de shortinho e camiseta, junto de outras meninas na mesma faixa etária.
Syamoto vai descobrir então qual é a do novo "amigo": ele vende peixes baratos como se fossem raros, e cobra uma fortuna por isso. Quando os clientes descobrem a fraude ele simplesmente os elimina, agora com a ajuda da mulher e a de Syamoto, pois fica claro que sua família é refém do outro.
Shion Sono é um sub-Takeshi Miike - seus filmes são menos herméticos, mas de certa forma também cutucam a realizade japonesa.
Seu filme mais famoso, "O Clube do Suicídio" tratava do assunto que lhe dava nome; "A Mesa de Jantar de Noriko" era uma prequel daquele, e apresenta uma estranha empresa que alugava meninas para se apresentarem como parentes de pessoas solitárias - não era prostituição, apenas uma forma de as pessoas fingirem terem netos, filhos, em suma, alguém que se importasse com elas.
Aqui ele parte de um fato real e apresenta uma gama de personagens malucos, aonde sexo e violência andam juntos, fazendo um filme para poucos, já que a quantidade de sangue e tripas em cena é bem alto, com direito a uma aonde um casal rola sobre os restos de um cadáver.
Destaque para o elenco, em especial o interprete de Murata, que parece ligado em 220V.

Nenhum comentário:

Postar um comentário