segunda-feira, 9 de maio de 2011

GENESIS

(GENESIS)

Espanha - 1998
Dir.: Nacho Cerdá


Escultor perde a mulher, e decide esculpi-la em um bloco de pedra. Mas a medida que o trabalho avança a obra parece se tornar de carne e osso, enquanto seu realizador sofre efeito contrário (ou perde a sanidade, quem sabe?)
Mais um média de Nacho Cerdá que é um primor de técnica. Perturbador, não apela para o gore como em "Aftermath", mas repete a fórmula de não apresentar diálogos. Pep Tosar, o perturbado legista do filme anterior de Cerdá volta neste aqui como alguém atormentado, obrigado a se expressar apenas através dos gestos e do olhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário