sábado, 20 de junho de 2009

ALTA TENSÃO

(HAUTE TENSION)
França - 2003
Dir.: Alexandre Aja


Alex leva a amiga Marie para passar o fim de semana na fazenda dos pais, sem desconfiar que Marie é secretamente apaixonada por ela. Durante a noite, um homem invade a casa, assassina brutalmente e com requintes de crueldade os pais, o irmão pequeno da moça e até o cachorro da família, e rapta Alex.
Marie, que conseguira se esconder, vai então atrás da amada, na tentativa de salvá-la do louco. A resposta à pergunta porque o homem raptou Alex e assassinou sua família é respondida de forma surpreendente.
O terceiro filme de Aja foi seu passaporte para os EUA, aonde refilmou "Quadrilha de Sádicos". É também um filme violentíssimo, com os todos os closes e sangue a que um assassinato tem direito, bem ao estilo que Aja continuou mostrando nos EUA. As cenas de decaptação e degolamento são brutais e extremamente incomôdas, mas é inegável que o final realmente consegue surpreender.
É aquele tipo de filme aonde uma mente doentia cria uma realidade ao seu redor e nela acredita, assim como o genial Marebito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário