domingo, 7 de junho de 2009

VISITOR Q


(BIJITÂ Q)

Japão - 2002
Dir.: Takashi Miike


Os personagens são os seguintes: a filha se prostitui, inclusive com o próprio pai, que só se preocupa com sua ejaculação precoce e em realizar um vídeo sobre violência; o filho é espancado na escola, e em casa faz o mesmo com a mãe, que se preocupa em não ter o rosto atingido, e por isso só usa calças e camisas de mangas compridas; essa mesma mãe é viciada em drogas, e também se prostitui para sustentar o vício.
Meigo né?
O tal "visitor" do título é uma espécie de invasor/observador da bizarra família.
Poucos títulos podem ser considerados tão alternativos quanto esse. E ainda mistura escatologia, crítica social, incesto, necrofilia, etc. Para poucos estômagos.
Além disso, é quase amador: em uma das cenas, quando a mãe muda de roupa, é possível ver o microfone no topo do vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário